Orientações Google Classroom

Orientações para uso do Google Classroom

Neste documento você irá encontrar as orientações para utilização da nova plataforma, devendo observar os passos a serem seguidos.

1. E-mail Institucional

Para que os estudantes possam acessar suas salas de aulas é imprescindível que habilitem sua nova conta de e-mail do gmail. Para isto coloque em seu navegador o endereço www.gmail.com e siga os passos. Se precisar, existem diversos tutoriais no YouTube sobre como habilitar sua conta do gmail. Trata-se de uma conta institucional, com o domínio @cesizonasul.com. Por motivos de segurança, não será possível acessar as salas de aulas a não ser pelo e-mail institucional.

A Escola Já criou um e-mail institucional para todos os estudantes. TODOS os novos e-mails seguem a seguinte regra:

►Primeiro nome do aluno + último sobrenome@cesizonasul.com

Observe os exemplos:

►João Paulo da Silva Gomes fica joaogomes@cesizonasul.com

►Maria Júlia Assunção fica mariaassuncao@cesizonasul.com

Lembre-se. E-mails não tem separação entre palavras, não utilizam letra maiúscula, não utilizam acentos e não utilizam cedilha.

TODAS as senhas iniciais seguem a seguinte regra:

► Primeiro nome do(a) aluno(a) + CPF do contratante, sem pontos ou barras. Apenas números.

Observe os exemplos:

►joaogomes@cesizonasul.com – senha: joao29273488000

►mariaassuncao@cesizonasul.com – senha: maria291223478900

Contratante é a pessoa responsável financeira pela matrícula, normalmente o pai ou a mãe do estudante.

Como dissemos, trata-se de senha inicial, pois na primeira vez que entrarem nesta conta de e-mail, será solicitado que troquem a senha e coloquem uma de sua preferência.

Essas orientações devem atender a imensa maioria das famílias, mas se tiverem problemas para habilitar o e-mail, faça contato com a escola para que possamos ajudá-los.

Existe apenas uma exceção às regras acima. Trata-se de estudantes que possuem nomes e sobrenomes iguais, como, por exemplo, Paulo Macedo Brito e Paulo da Silva Brito. Neste caso, o primeiro cadastrado será paulobrito@cesizonasul.com e os demais usarão o primeiro nome + segundo nome + último sobrenome.

Como são poucos casos, iremos avisar um a um dos estudantes que estiverem nesta situação. Lembre-se, se tiver problemas para habilitar o e-mail institucional, que é a chave para o acesso às aulas, ligue para nossos números que nossos profissionais irão ajudar.

Os e-mails institucionais devem ser habilitados o mais cedo possível, pois as aulas iniciam na segunda-feira, dia 11/05/2020.

2. Entrando nas salas de aulas

Uma vez que você já tenha seu novo e-mail habilitado, já está apto(a) a entrar em sua sala (para os alunos da tarde) ou suas salas, para os alunos da manhã, na medida em que cada disciplina terá sua própria sala.

Como entrar na sala de aulas desejada?

Somente os professores podem criar salas. Os alunos podem apenas participar das salas criadas. Quando um professor cria uma sala, ela tem um código composto por letras e números. Este código será sempre o mesmo enquanto esta sala estiver aberta. Você só precisa colocar o código na primeira vez que acessar a turma. Depois da primeira vez, seu acesso às salas será sempre automático.

Você pode acessar sua ou suas salas através do computador ou do celular. No computador basta ir no seu novo e-mail institucional, no canto superior direito da tela, onde tem a foto ou a inicial de seu nome. Ao lado da foto ou inicial tem um monte de pontinhos. Clique nos pontinhos e vocês terão acesso a diversos apps da Google. Um deles é o Google sala de aulas, ou classrom. Basta clicar nele, colocar o código recebido e clicar em participar da sala.

Repare que no celular, você deve ter os aplicativos instalados em seu telefone. Você vai necessitar do Google Classroom, do Google Drive, e do Google Meet. Basta baixar e instalar a partir do Google Play ou seu equivalente para IOS.

Como consigo o código de minhas salas?

A partir de quinta-feira, 07.05, seus professores colocarão os códigos de suas salas no Sponte, na mesma aba em que postam suas aulas. Cada professor lhes informará o código da sala de sua disciplina ou, para o turno da tarde, o código de sua única sala. Também publicaremos esses códigos nas redes sociais e informaremos através de nossos telefones.

É seguro informar os códigos publicamente?

Sim, porque apenas estudantes com o e-mail institucional @cesizonasul podem entrar nas salas do Cesi. E se um aluno de uma turma entrar na sala de outra? Sim, isto pode acontecer, mas como só o Cesi cria e-mails institucionais @cesizonasul, uma vez que o professor identifique este fato, o(a) aluno(a) transgressor será identificado(a) e se sujeitará às medidas cabíveis. Além disso, o professor de cada turma sempre pode impedir a permanência de qualquer aluno na sala virtual. Sabemos a quem pertence cada e-mail de nosso domínio, portanto, entre apenas em suas turmas.

Segue aqui um link para um tutorial para ingresso e uso das salas por computador. Tem aproximadamente 25 minutos. É longo, mas é bem detalhado. Foi feito para alunos de um curso de farmácia, mas o que importa é que explica muito bem o uso das salas. Basta colocar em seu navegador:

https://www.youtube.com/watch?v=RXgqVB0yX8I

Segue outro link, desta vez para acesso das salas pelo celular. Quanto ao uso, é muito parecido tanto pelo computador como pelo celular. Assim, mesmo que você vá acessar as salas pelo celular, assista ao vídeo acima, relativo ao computador. Segue o link de acesso pelo celular. Foi feito para Android, mas é a mesma coisa no IOS. Basta colocar no navegador:

https://www.youtube.com/watch?v=zWFJ4rypfLk&t=18s

Ambos os vídeos foram pesquisados no YouTube, não tendo sido feitos especificamente para o CESI. Siga as orientações dadas acima. Novamente, para acessar pelo celular você deve ter os aplicativos instalados em seu telefone. Você vai necessitar do Google Classroom, do Google Drive, e do Google Meet. Basta baixar e instalar a partir do Google Play ou seu equivalente para IOS.

3. Aulas através de videoconferência

Além de ser uma plataforma mais estável que o Sponte, o Classroom nos oferece uma ferramenta que o Sponte não tem, isto é, as aulas em tempo real. Os professores continuarão a utilizar os livros como base do ensino, poderão postar videoaulas, continuarão a passar atividades e exercícios. Como aluno(a), vocês poderão acessar as salas de aula a qualquer dia e horário e estas informações e atividades lá estarão. Mas a novidade é que haverá aulas em tempo real, com a participação dos professores e de seus colegas de turma.

Como em qualquer aula, quem não estiver presente, perde a explicação.

Como vão funcionar estas aulas?

Ensino Fundamental I

Do 1º ao 5º ano

As aulas serão transmitidas ao vivo com duas entradas diárias. As turmas serão divididas em duas, turma A e turma B, para melhor podermos dar atenção às crianças.

Uma entrada no primeiro momento para orientar as atividades do dia e prestar as explicações necessárias, e outra no final da tarde para ver se tudo correu bem e ajudar aos que tiveram dificuldades. Estas entradas devem durar no mínimo 30 minutos e, no máximo, 40 minutos com cada grupo. A partir de quinta-feira, dia 07 de maio, entre em sua sala de aula e veja no mural se você (seu filho ou filha) está na turma A ou B.

Observe os horários a serem seguidos

Início da tarde

►Turma A – 13h30min às 14h/14h10min

►Turma B – 14h20min às 14h50min/15h

Final da tarde

►Turma A – 16h às 16h30min/16h40min

►Turma B – 16h40min às 17h10min/17h10min

Ensino Fundamental II e Ensino Médio

Do 6º ano a 3ª série do Médio

As aulas serão transmitidas ao vivo no mesmo horário previsto das aulas presenciais de sua turma. Repetimos, as aulas seguirão o horário normal das aulas da turma. Cada período deve ter duração de, no mínimo, 30 minutos por período, não excedendo o total de 40 minutos. Deve ocorrer um intervalo mínimo de 10 minutos para que estudantes e professores possam logar na próxima sala em que deverão estar. Quando houverem períodos conjugados, vale a mesma regra, no mínimo 30 e, no máximo, 40 minutos por período.

As aulas serão gravadas pelo professor e os links disponibilizados no Drive da turma, de forma que o aluno possa “assistir” as aulas quantas vezes se fizer necessário.

Fique atento!

As atividades e exercícios sempre estarão postadas nas salas de aula. No entanto, as aulas em tempo real através do Google Meet, dependem de disponibilidade de energia elétrica e internet no local onde o professor está. Assim, embora improvável, é possível que, algumas vezes, o professor não esteja na sala no dia e horário marcados, pelas razões acima expostas. Pedimos sua compreensão em relação a estas possibilidades.

4. Informações

Informamos que abrimos um canal no app Telegram. O mesmo possui o referido canal no qual postamos informações sobre o que está acontecendo em nossa comunidade escolar, além de possibilitar a troca de mensagens através do agrupo associado ao canal. Quem gerencia é o Professor Claudio, Diretor da Escola. Foi uma forma que encontramos de incrementar nossa comunicação, preferencialmente com os pais e responsáveis. Trata-se de um grupo público, portanto qualquer pessoa pode entrar. O Diretor responderá as postagens na medida do possível.

Segue o link do grupo no aplicativo Telegram: t.me/cesi2020

Atenciosamente,

Direção.